Esporte | Xô, preconceito!

Equipe feminina da Argentina contrata jogadora trans para o elenco em 2020

Mara é transexual e será a primeira jogadora transex a participar de campeonatos organizados pela Associação de Futebol Argentino, a AFA; ela é destaque em torneios amadores
08/01/2020 às 17h26
Equipe feminina da Argentina contrata jogadora trans para o elenco em 2020Mara (a direita) será atleta do Villa San Carlos (Torcedores.com)

A equipe do Villa San Carlos, que disputa o campeonato argentino feminino, confirmou a contratação de Mara Gomez, atacante de 22 anos.

Mara é transexual e será a primeira jogadora transex a participar de campeonatos organizados pela Associação de Futebol Argentino, a AFA.

Ela é destaque em torneios amadores e chega com a missão de tirar o clube da lanterna da primeira divisão. Com apenas um ponto em 10 partidas, o time tem apenas sete gols marcados na competição.

Mara, que anteriormente defendia o Malvinas, na liga amadora da cidade de La Plata, se destacou por ser a artilheira da equipe. A jogadora afirmou que em nenhum momento de sua carreira sofreu qualquer preconceito por ser trans. “Em todos os clubes onde joguei, sempre me trataram bem. Todos somos parte do mesmo trabalho e nunca me senti excluída de nenhum elenco”, disse

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte