Cidades | Folia

Pré-Carnaval movimenta fim de semana em São Luís

Programação agitou o Centro Histórico, com o Samba sem Telhado, a Madre Deus, com o cortejo do bloco Os Feras e Golpe do Baú, e o C. De Asa, que animou o Monte Castelo
06/01/2020
Pré-Carnaval movimenta fim de semana em São LuísBloco Golpe do Baú animou os foliões com concentração na Praça da Saudade, na Madre Deus (De Jesus / O ESTADO)

São Luís - A folia de pré-Carnaval está movimentando os fins de semana em São Luís e continuou ontem, com a batucada dos blocos Golpe do Baú e Os Feras, na Madre Deus, como também o C. de Asa, no Monte Castelo, e a animação do Samba sem Telhado, que agitou o Centro Histórico, sob o comando do produtor cultural Vandico.

Ontem, os blocos Golpe do Baú e Os Feras alegraram a Madre Deus. O Golpe do Baú fez sua festa na Praça da Saudade, reunindo, principalmente, famílias moradoras do bairro. Já ao cair da tarde, no Caldeirão da Madre Deus, ritmistas do bloco tradicional Os Feras seguiram desfilando e tocando pelas ruas, passando pelo Largo do Caroçudo, Beco do Gavião, Rua São Pantaleão, Rua do Passeio e Praça da Saudade. Foi o 24º cortejo de rua realizado pela agremiação e mais um esquenta para a temporada do Carnaval 2020.

Este ano, o bloco apresentará o tema “No Jogo de Cartas Marcadas, Os Feras é o Baralho de Zé Garapé”. As fantasias luxuosas são assinadas pelo carnavalesco Marcos Antônio. Segundo Paulo Salaia, presidente do bloco, Os Feras desfilará este ano pelas ruas da cidade com 130 componentes, entre adultos e crianças. “Nós, como todos os anos, estamos engajados para fazer bonito no nosso Carnaval, embora sem participar do desfile de passarela. O mais importante é brincar o Carnaval e convidar as pessoas para dançar e batucar com a gente”, disse Paulo Salaia.

No bairro Monte Castelo, o bloco C. de Asa fez mais um cortejo, em celebração às suas Bodas de Prata, ou seja, 25 anos de existência no pré-Carnaval de São Luís. O bloco é originário da Madre Deus, mas uma de suas características é seu local de concentração, que muda todos os fins de semana.

Praia Grande
Sábado, na Rua do Giz, Centro Histórico de São Luís, quem animou foi a roda de samba em clima de pré-Carnaval organizada pela Turma do Vandico, no Samba sem Telhado. De acordo com Evandro Lima, o Vandico, a programação acontecerá todos os sábados até o Carnaval. O samba acontece em um casarão destelhado e que dá nome ao projeto.

“Como a nossa festa é Samba sem Telhado, sempre ficamos dependentes de São Pedro, mas neste sábado fizemos a nossa festa, para alegrar o Centro Histórico de São Luís nesta temporada de pré-Carnaval”, disse.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte