Economia | Boa notícia

Juros do cheque especial caem pela metade a partir da próxima semana

A decisão de reduzir os juros do cheque especial partiu do Conselho Monetário Nacional; objetivo é exatamente corrigir falhas de mercado e evitar que a população tenha dívidas
03/01/2020 às 16h47
Juros do cheque especial caem pela metade a partir da próxima semanaExpectativa é para saber em que perfil o consumidor se encaixará com a nova regra (Reprodução)

A partir da próxima segunda-feira (6), os juros do cheque especial vão cair pela metade, de mais de 300% ao ano para, no máximo, para 151,8% ao ano. Os dados são da Agência Brasil. A decisão de reduzir os juros do cheque especial partiu do Conselho Monetário Nacional (CMN). O objetivo é exatamente corrigir falhas de mercado e evitar que a população mais pobre tenha dívidas difíceis de pagar.

Mesmo com a redução, o professor de economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie, Pedro Raffy Vartanian, alerta que essa forma de crédito fácil continua sendo cara demais.

Mas atenção. A redução de juros que entra em vigor no dia 6 não vai beneficiar todos os clientes. Só vai valer para os novos contratos. Os contratos em vigor só serão afetados a partir do dia 1º de junho. O banco precisa divulgar as novas regras do cheque especial.

Outra mudança é que quem tiver limite de até R$ 500, fica isento de tarifa. Mas quando for maior que esse valor, o cliente terá que pagar os juros mais uma tarifa que será de 0,25% sobre a diferença.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte