REDE ELÉTRICA

Manutenção preventiva na rede elétrica é intensificada em S. Luís

Podas de árvores e lavagem de rede são algumas das ações; serviços são realizados ao longo do ano para garantir o abastecimento energético da cidade

Monalisa Benavenuto / O Estado

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h21
Limpeza da rede (linha viva) realizada em vários pontos de São Luís tem o objetivo de reduzir os efeitos da poluição e da salinidade
Limpeza da rede (linha viva) realizada em vários pontos de São Luís tem o objetivo de reduzir os efeitos da poluição e da salinidade (Lavagem da rede)

As ações de manutenção preventiva na rede de distribuição de energia elétrica são realizadas durante todo o ano, com o intuito de manter o bom desempenho do sistema elétrico. Nos últimos meses, a Equatorial Maranhão, vem intensificando ainda mais estes serviços com o intuito de minimizar os impactos ocasionados no início do período chuvoso, e com isso aumentar a confiabilidade da rede elétrica. Além dos serviços que vêm sendo realizados neste fim de ano, mais de 6 mil inspeções foram feitas nas subestações do estado entre os meses de janeiro a setembro. Além de São Luís, cidades como Barreirinhas, Tutóia e Humberto de Campos, que têm alto índice de salinidade, recebem os serviços.

Durante as ações são realizadas inspeções prévias, lavagem dos componentes das subestações e das redes de distribuição para minimizar os efeitos da poluição e da salinidade, substituição de isoladores, implantação de espaçadores nos cabos da rede e podas de galhos de árvores em diversos pontos da cidade. Na Avenida dos Holandeses, por exemplo, onde o contato com o salitre é ainda maior, devido à proximidade com a orla de São Luís, as ações podem ser observadas constantemente nos últimos dias do ano, quando o período chuvoso inicia.

Inspeções Técnicas
De janeiro a setembro deste ano, foram realizadas 6.137 inspeções técnicas nas subestações do Maranhão, linhas de transmissão e alimentadores do sistema de distribuição. Estas inspeções nortearam as equipes de manutenção para que, aproximadamente, 25 mil serviços fossem realizados no sistema elétrico, além da troca preventiva de 272 transformadores para eliminar riscos de interrupção de energia.

Grande parte desses serviços são realizados com equipes de Linha Viva, que trabalham com as redes elétricas energizadas. Isso permite que as intervenções sejam realizadas sem que o fornecimento da energia elétrica seja desligado, o que contribui para que 99,8% do tempo os mais de 2,5 milhões de clientes tenham energia elétrica em seus imóveis.

A Equatorial realizou, também, a automatização de 351 equipamentos, que promove o monitoramento e agilidade na recuperação do sistema elétrico, caso haja alguma falha ou interrupção. O investimento foi de mais de R$ 15 milhões, só neste ano, para as ações de manutenções preventivas e melhorias do sistema elétrico em todo o Maranhão. Para o diretor de operações técnicas e comerciais, Sérgio Mello, essas ações são indispensáveis para a Companhia e para os clientes.

“Estas ações fazem parte do calendário e da rotina da Companhia. Sempre trabalhamos com a manutenção preventiva para minimizarmos os transtornos que podem ocorrer na rede elétrica, principalmente com a chegada do período chuvoso”, alerta Sérgio Mello.

SUBESTAÇÃO MÓVEL

Foram realizadas 34 manutenções complexas, com o uso de subestação móvel, em diversas cidades do Estado. Isso permite a realização de serviços mais pesados de manutenção em equipamentos de alta-tensão, sem a necessidade de interromper o fornecimento de energia para a cidade.

Limpeza de Faixa e Poda de Árvores
As equipes realizaram a limpeza de faixa (vegetação sob a rede elétrica) de mais de 23 km² de extensão em diversas redes e linhas de transmissão, além da poda de galhos de árvores em zonas rurais e urbanas, que somou 13.608 pontos podados, evitando que a vegetação toque na rede elétrica e ocasione interrupções de energia.

Lavagem de Rede
Mais de 160 km de rede foram lavados para a retirada de salitre e demais sujeiras que acumulam na rede elétrica. Em média anualmente são lavadas 15 mil estruturas entre isoladores, chaves fusíveis e transformadores. Além da região metropolitana de São Luís, cidades como Barreirinhas, Tutóia e Humberto de Campos, que têm alto índice de salinidade, recebem esta ação de manutenção.

Números

15 mil é a média de estruturas lavadas anualmente pela Equatorial

13.608 pontos receberam podas de vegetação para evitar contato com a rede elétricas

6.137 inspeções técnicas foram realizadas nas subestações do Maranhão, de janeiro a setembro de 2019

15 milhões foi o valor investido pela Companhia em 2019 para ações de manutenção na rede

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.