Polícia | Feminicídio

Homem que matou jovem na Liberdade é condenado

Júlio César foi sentenciado a 18 anos e 5 meses em regime fechado, em julgamento ocorrido ontem, no Fórum Sarney Costa
Nelson Melo20/12/2019

SÃO LUÍS - Em sessão ocorrida no Fórum Desembargador Sarney Costa, na capital maranhense, nessa quinta-feira, 19, o réu Júlio César dos Santos Arouche, de 48 anos, foi condenado a 18 anos e 5 meses de prisão, em regime fechado, por ter matado Simone Regis Sales Nogueira, 28, no bairro da Liberdade, em São Luís. O feminicídio aconteceu no dia 8 de dezembro de 2017, na rua onde a vítima residia. O acusado estava preso desde a data do homicídio.
O julgamento foi presidido pelo juiz Gilberto de Moura Lima, da 2ª Vara do Tribunal do Júri. A sessão começou por volta das 8h30. Os jurados reconheceram as qualificadoras por motivo torpe e feminicídio. O juiz Gilberto de Moura Lima manteve a prisão do acusado. A leitura da sentença aconteceu por volta das 12h40.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte