Esporte | Futebol amador

Só resenha! Boca Juniors vence o River por 2x1 na Cidade Operária

Gols da partida comemorativa, conhecida como "Resenha", foram marcados pelos atacantes Denilson Miranda (Muka) e Gabriel Rocha, ambos do Boca; e pelo meia-atacante Anderson, do River Plate
18/12/2019
Time do Boca Juniors foi o grande vencedor

SÃO LUÍS - Terminou com vitória de 2x1 para a equipe do Boca Juniors sobre o River Plate, a tradicional partida de futebol de confraternização realizada por um grupo de amigos do bairro Cidade Operária, que leva como título “Resenha”.

O jogo começou bastante equilibrado, mas com erros constantes de passes das duas equipes. O meio campo não funcionou em nenhum dos lados em boa parte da primeira etapa.

O Boca tentou acelerar as jogadas pelos lados do campo. Já o River apostou no lançamento direto, da defesa para o ataque, em busca do centrovante Thyago Beckaman, que perdeu pelo menos duas boas oportunidades.

Por volta dos 20 minutos do primeiro tempo o Boca conseguiu construir uma bela e efetiva jogada pela ponta esquerda. Kleiton Lindoso tocou a bola para o lateral Eduardo, que lançou na medida para Denilson Miranda, o Muka, anotar um belíssimo gol.

Muka matou a bola no peito, no meio de dois defensores, e de perna direita tirou do goleiro e balançou a rede. Abriu o placar.

O River Plate não segurou o rival no clássico "argentino"

Depois de sofrer o gol, o River tentou tocar mais a bola no meio e investiu em jogadas de infiltração pelas costas da zaga adversária. Até que nos minutos finais do primeiro tempo, o meia Anderson Luis recebeu a bola do lateral esquerdo Diego, e com um toque de categoria de perna esquerda, por cima do goleiro, empatou a partida.

2º tempo

No segundo tempo o Boca mexeu no time, mudou o meio campo e construiu boas jogadas. Calebe, em boa finalização, acertou a trave direta do goleiro do Wyll.

Hudson, Kleiton Lidonso e Calebe, juntos, conseguiram envolver o meio adversário.

A defesa do Boca, bem postada, conseguiu neutralizar o ataque do River.

Na reta final da partida, numa jogada que começou pelo lado esquerdo do Boca, com Rafael Braga, a bola foi lançada para o atacante Gabriel Rocha. Ele dividiu com o goleiro no alto, aproveitou a sobra, num erro do arqueiro, e mandou para as redes. 2x1 no placar.

Foi esse o marcador final da tradicional partida de confraternização, concluída com a bela vitória do Boca.

Saiba Mais

Desde o ano passado a Resenha adotou o critério de uma espécie de rotatividade dos clássicos mundiais, para realizar a confraternização de fim de ano. Até 2017, a partida fazia sempre alusão ao clássico carioca Vasco x Flamengo. Em 2018 a homenagem foi ao clássico espanhol: Real Madrid x Barcelona. Ainda não há definição quanto ao clássico que será realizado em 2020.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte