Polícia | Execução

Faccionado paulista que traficava armas para o Maranhão morto no Ceará

Allan Miguel de Lucena Medeiros, o Americano, buscava as armas de fogo no Mato Grosso do Sul, segundo a polícia
Nelson Melo09/12/2019

No último fim de semana, foi executado, no estado do Ceará, Allan Miguel de Lucena Medeiros, o Americano, de 28 anos, natural do Rio de Janeiro, que exercia função de liderança de uma facção criminosa oriunda de São Paulo. Segundo a polícia, ele era o responsável por enviar várias armas de fogo para o Maranhão, onde foi preso em janeiro do ano passado, no município de Vargem Grande. Pinóquio, como também era conhecido, foi chefe de “quebrada” em um bairro de São Luís, mas sofreu ameaças de morte do grupo rival.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte