O Mundo | Nos EUA

Uber registrou mais de 3 mil casos de violência sexual em 2018

Relatório de segurança da empresa foi divulgado nesta quinta (6) nos EUA
O Estado do MA06/12/2019 às 16h25
Uber registrou mais de 3 mil casos de violência sexual em 2018Casos de violência sexual envolvendo motoristas do UBER cresce em todo o mundo (Reprodução)

Na última quinta (06), a Uber publicou de transparência de segurança que incluiu dados sobre casos de violência sexual e assédio ocorridos em 2017 e 2018. O relatório diz respeito a casos acontecidos nos EUA nos dois anos.

Foram 2.936 casos de agressão sexual relatados em 2017. O número subiu para 3.045 em 2018. Destes, 229 foram de estupros. É possível que os números sejam maiores do que os registrados pela empresa, uma vez que muitas mulheres não reportam as agressões.

A Uber tem aprimorado os processos de seleção de motoristas nos últimos meses, a fim de evitar criminosos. Desde o ano passado para cá, 40 mil motoristas foram removidos da plataforma. O app também recebeu recursos de segurança, que permitem fazer ligações de emergência, relatar incidentes e gravar áudio em viagens.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte