Alternativo | Literatura

Uma história de sofrimento e injustiça

"Quitéria e Inês", de Júlia Emília, teve terceira noite de autógrafos ontem, na Livraria Amei; obra está disponível nas Livrarias Vozes, Amei e Quintal Edições
04/12/2019

São Luís - Para encerrar a trilogia iniciada com “Meninilha” (2012) e “Ilhadas” (2014), a escritora Júlia Emília está apresentando seu mais recente livro-peça, intitulado “Quitéria e Inês”, vencedor da categoria Apolônia Pinto no edital do Prêmio Literário 2018 da Secretaria de Estado da Cultura. A obra faz cruzarem-se as histórias de duas personagens, separadas pelo tempo e geografia, e unidas pelo sofrimento e pela injustiça.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte