Polícia | Em Mato Grosso do Sul

Chefe da quadrilha do assalto a banco em Bacabal é morto pela polícia

José Francisco Lume, o Zé de Lessa morreu durante confronto com a polícia em Mato Grosso do Sul; ele é apontado como integrante de uma quadrilha que tentou roubar um carro-forte na MS-156
OESTADOMA.COM COM INFORMAÇÕES DO G1/MS04/12/2019 às 11h42
Chefe da quadrilha do assalto a banco em Bacabal é morto pela políciaJosé Francisco Lumes, o Zé de Lessa, chefe da quadrilha do roubo ao Banco do Brasil em Bacabal. (Divulgação)

MATO GROSSO DO SUL - Quatro criminosos morreram nesta terça-feira (4) durante uma força-tarefa da polícia em Mato Grosso do Sul. O bando, suspeito de tentar roubar um carro-forte na segunda-feira (2), estava escondido em uma chácara entre as cidades de Aral Moreira e Coronel Sapucaia. Um dos mortos foi identificado como José Francisco Lume, o Zé de Lessa, considerado um dos assaltantes de banco mais procurados do país, sendo apontado inclusive como o chefe da quadrilha que aterrorizou a cidade de Bacabal no ano passado. Na ocasião foram levados cerca de R$ 100 milhões do Banco do Brasil da cidade.

Veja Mais

Mantido o cerco ao bando que infernizou a cidade de Bacabal no último domingo

Criminosos invadem Bacabal e atacam banco, quartel da PM e delegacia

Assaltantes do BB de Bacabal morrem em tiroteio com a PM

De acordo com a polícia, a quadrilha estava sendo monitorada, e na manhã desta terça, policiais entraram na chácara com mandados de prisão. Houve troca de tiros, onde quatro criminosos morreram. Um quinto suspeito foi preso. As buscas continuam por outro integrante do bando, que estaria escondido em uma região de mata

A força-tarefa envolveu o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), Garras (Delegacia Especializada em Repressão à Roubos a Bandos, Assaltos e Sequestros), DOF (Departamento de Operações da Fronteira), PRE (Polícia Rodoviária Estadual) e o Batalhão da cidade de Amambai.

Entenda o caso

Na manhã dessa segunda-feira (2), criminosos tentaram assaltar um carro-forte na MS-156, entre as cidades de Caarapó e Amambai, em Mato Grosso do Sul. O veículo usado no crime foi incendiado e o carro-forte abandonado no acostamento da rodovia.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte