Polícia | Homicídio

Três assassinatos marcaram o fim de semana em São Luís

Uma das vítimas foi um taxista e o corpo foi encontrado com sinais de tortura, na Divinéia, enquanto, os outros homicídios ocorreram na Estiva e Coroadinho
02/12/2019
Três assassinatos marcaram o fim de semana em São LuísO taxista José Manuel Rebelo, de 61 anos, foi morto por bandidos na noite de sábado, 30 (Divulgação)

SÃO LUÍS - Três assassinatos ocorreram no último fim de semana em São Luís e uma das vítimas foi o taxista José Manuel Rebelo Sousa, de 61 anos. De acordo com a polícia, o corpo dele apresentava sinais de tortura e, na manhã de ontem, 1, foi encontrado em uma cova rasa no quintal de uma residência abandonada no bairro da Divinéia. O local já serviu de cativeiro quando uma oficial do Corpo de Bombeiros Militar foi sequestrada por faccionados.

O delegado Felipe Freitas, da Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP), informou que na tarde de sábado, 30, três pessoas, entre elas, um adolescente entraram no táxi da vítima como clientes nas proximidades do retorno do Olho d’Água. Logo após, o taxista não foi mais localizado.

Os familiares chegaram a ligar várias vezes para o celular da vítima, principalmente durante o a noite de sábado, mas não mantiveram contato. A polícia foi acionada e, na manhã de ontem, 1, conseguiu capturar cinco pessoas, nomes não revelados, na área da Divinéia, que foram apresentadas na SHPP, na Avenida Beira-Mar.

Um dos conduzidos confessou a participação na ação criminosa, como ainda levou a polícia até o local onde o corpo estava enterrado. O delegado disse que o corpo apresentava marcas de torturas. As mãos e os pés estavam amarrados. Ainda na casa, foram encontrados documentos e objetos pessoas da vítima, como também havia marcas de sangue.

Os peritos do Instituto de Criminalística (Icrim) foram acionados e o corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), no Bacanga para ser autopsiado e, depois, liberado para os familiares. O resultado do exame pericial vai ser encaminhado para a Polícia Civil.

Ainda segundo o delegado Felipe Freitas, existe a possibilidade dos bandidos terem tomado de assalto um veículo para realizarem roubos antes do assalto ao taxista. “Os conduzidos serão ouvidos e tomaremos as devidas providências sobre o caso”, comentou.

O genro da vítima, Juvenal Serra, idade não revelada, disse que José Manuel trabalhava há 11 anos no posto de táxi do Olho d’Água e saia diariamente pela manhã para ir ao trabalho, mas, no começo da noite estava de volta para a sua residência. “Ele não trabalhava durante a madrugada, pois, achava inseguro esse horário”, contou.

Mais casos

A polícia ainda registrou mais dois homicídios dolosos no decorrer do último sábado. Segundo a polícia, Antônio Carlos Coelho Penha, de 21 anos, foi assassinado a golpes de faca por homens, não identificados, no bairro Coroadinho.

O corpo foi encontrado em um terreno baldio e apresentava várias perfurações, inclusive no pescoço. A Polícia Civil está investigando o caso, mas, até o período da tarde de ontem, 1, não tinha registro de prisão dos acusados e a motivação não foi revelada.

A outra vítima foi Wallas Pereira Pinho, de 19 anos. A polícia informou que o corpo foi achado por populares em uma área de mangue, na Estiva, e apresentava, pelo menos, seis marcas de tiros. O crime está sendo investigado pela equipe da SHPP e até o período da noite de ontem não tinha registro de prisão dos suspeitos.

Outra ocorrência

Ainda no fim de semana foram presos em flagrante Natan Sousa Silva, de 18 anos, e Marcos Vinícius Pereira Lisboa, de 19 anos, acusados de terem sequestrado o motorista de aplicativo, identificado como Caio Silva Bandeira, na cidade de Imperatriz. Em poder dos bandidos, a polícia apreendeu uma arma de fogo.

Número

3 assassinatos ocorreram durante o fim de semana na capital

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte