Alternativo | Projeto

Expedição cultural em Alcântara visa incentivar a produção local

Sesc Confluência debateu a necessidade de sair dos espaços de arte do Centro de São Luís para acessar outros públicos
01/12/2019 às 07h00
Expedição cultural em Alcântara visa incentivar a produção local Ruínas de Alcântara, ponto turístico da cidade (Divulgação)

São Luís - Um trabalho de expedição pela cidade histórica de Alcântara vai finalizar o processo de experimentação e mapeamento cultural, incentivando a produção local na linguagem artes visuais por meio de pesquisas, residências artísticas e performances do projeto Sesc Confluências. Artistas, educadores, jornalistas e produtores culturais do projeto estarão no município deste domingo (1º) a quarta (4).

A iniciativa partiu de uma reflexão coletiva construída nos encontros presenciais do grupo maranhense Maranhão, composto por 17 pessoas, que debateu a necessidade de sair dos espaços de arte do Centro de São Luís para acessar outros públicos, além de planejar processos de escutas e interlocuções em territórios culturais, elegendo para a etapa prática do projeto a pesquisa e mapeamento da cidade de Alcântara.

Abrigando cerca de 210 comunidades quilombolas, os confluentes buscam em Alcântara compreender um espaço que é marcado por muitas disputas e a resolução de processos artísticos a partir de demandas e interesses coletivos. Para isso, realizam a escuta e propõem um diálogo com esses povos sobre essas questões sociais e ambientais pertinentes ao contexto local.

O intuito é ativar um circuito cultural independente, incluindo ações de pesquisa, residências artísticas, apresentações de performances, intervenções, projetos de ocupação artística em espaços de cultura, praças e moradias da sede de Alcântara e nos territórios quilombolas, além de articulações com cooperativas, associações, instituições de ensino, artistas, produtores, entre outros agentes locais.

Realizado preferencialmente nos estados de pequenos e médios circuitos, o projeto incentiva a produção artística local como uma espécie de fórum setorial para as artes visuais no Sesc, promovendo o debate sobre a cultura e a arte e contribuindo para o aperfeiçoamento do seu sistema produtivo, além de realizar os projetos resultantes de cada edição.

O Sesc Confluências tem impactado positivamente as regiões onde atua, dinamizando as práticas dessa linguagem de forma descentralizada em um intercâmbio de saberes, preservando diversidades e singularidades das culturas regionais e convergindo a produção nacional. Entre os projetos resultantes já realizados pelo Brasil, estão a organização de catálogos, cooperativas, exposições, seminários e residências artísticas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte