O Mundo | Acusações

Netanyahu é indiciado por crimes de suborno e fraude

Acusações foram feitas pela procuradoria-geral de Israel ontem, 21; O premiê não tem obrigação legal de renunciar após ser acusado; Netanyahu disse que o indiciamento equivale a uma tentativa de golpe contra ele
22/11/2019

ISRAEL - O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, foi indiciado, ontem,21, pelos crimes de suborno, fraude e quebra de confiança pelo procurador-geral de Israel, Avichai Mandelblit, informou a Reuters. Netanyahu é o primeiro premiê do país a ser indiciado ainda no cargo.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte