Polícia | Assassinato

Mulher suspeita de homicídio é presa na cidade de Codó

Larissa Rafaela Parente, a Larissinha, é suspeita de esfaquear a vítima no pescoço e no tórax
14/11/2019
Mulher suspeita de homicídio é presa na cidade de CodóLarissinha, na delegacia, após ser presa e a vítima Karliane Conceição (Divulgação)

SÃO LUÍS - A polícia encaminhou, na quarta-feira (13), Larissa Rafaela Parente, a Larissinha, de 21 anos, para a Unidade Prisional de Codó. De acordo com a polícia, ela é suspeita de ter assassinado a golpes de faca Karliane Conceição Craveiro, a Cacheada, de idade não revelada, em um bar, localizado no bairro Codó Novo, no município de Codó, na noite da última terça-feira (12).

A polícia informou que as duas estavam nesse ponto comercial ingerindo bebida alcoólica e acabaram discutindo. No decorrer da briga, a vítima foi golpeada no pescoço e no tórax. Ela ainda foi levada para o hospital da cidade, mas chegou sem vida.

A suspeita tentou fugir, mas foi presa em flagrante por uma guarnição da Polícia Militar e conduzida para a Delegacia Regional de Codó. Há informações de que a discussão foi motivada por ciúme de um determinado homem, que não teve seu nome revelado. O corpo da vítima foi sepultado no cemitério da cidade.

Acidente

Os moradores de São José de Ribamar, Charles Aurélio da Silva Rocha, de 40 anos; e Tacilma Pinto Rodrigues, de 24 anos, morreram durante acidente de trânsito, ocorrido no KM 24 da BR 402, no município de Axixá, na noite da última terça-feira (12).

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que um veículo Corsa Classic, de placas não identificadas, fez uma manobra irregular no meio da via federal e acabou colidindo de forma frontal em uma Hilux prata, de placas não identificadas, em que estavam as vítimas. Elas sofreram várias fraturas pelo corpo e morreram ainda no local. A Polícia Civil vai investigar o caso

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte