Vida | Beleza

Se você segue a ditadura da beleza, reveja seus conceitos

A busca pela pseudoperfeição idealização já está arraigada na nossa sociedade, como se fosse uma verdade absoluta e não houvesse opção de escolha, mas isso causa mais males do que bem para todos
12/11/2019

SÃO PAULO - A ditadura da beleza é um fenômeno que penaliza. A busca por uma pseudoperfeição se tornou praticamente uma obrigação para muitas pessoas. Uma exigência para si mesmo e para os outros. A todo momento surgem novas dietas, técnicas de estética e um arsenal de produtos que remete a padrões de beleza cada vez mais extremistas. Conceitos que levam a promessas duvidosas para aqueles insatisfeitos com o que enxergam no espelho.
Segundo Elaine Di Sarno, psicóloga com especialização em Avaliação Psicológica e Neuropsicológica; e Terapia Cognitivo Comportamental, ambas pelo Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas (FMUSP); essa idealização já está arraigada na nossa sociedade, como se fosse uma verdade absoluta e não houvesse opção de escolha.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte