O Mundo | Crise política

Impasse político perpetuado marca eleições na Espanha

Embora sejam favoritos nas eleições deste domingo, 10, socialistas novamente não devem alcançar maioria, e extrema direita ganhará mais espaço, segundo pesquisas; o Parlamento deverá manter-se bloqueado, perpetuando a instabilidade no país
09/11/2019

MADRI - Os espanhóis vão às urnas pela segunda vez esse ano para tentar tirar o país do impasse político, mas as pesquisas de opinião indicam que as eleições deste domingo,10, equivalerão, de novo, a mais do mesmo. O Parlamento deverá manter-se bloqueado, perpetuando a instabilidade no país. O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE), do premiê Pedro Sánchez, conseguirá o maior número de cadeiras, mas não o suficiente para governar.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte