O Mundo | Repressão

Presidente do Chile endurece sanções contra manifestantes

Sebastián Piñera anunciou ontem várias medidas para reforçar a segurança em meio a manifestações; protestos chegam aos bairros ricos de Santiago; decisão atinge encapuzados e quem cometer saques
08/11/2019

SANTIAGO - O presidente do Chile, Sebastián Piñera, anunciou ontem, 7, várias medidas para reforçar a segurança em meio a protestos, saques e atos de violência que deixaram pelo menos 20 mortos em mais de duas semanas de instabilidade no país.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte