Cidades | Comemoração

25º aniversário de Raposa terá itinerância do Festival Guarnicê de Cinema

Aberta ao público, a programação cultural iniciará às 9h, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Inhaúma
07/11/2019 às 18h05
25º aniversário de Raposa terá itinerância do Festival Guarnicê de CinemaRaposa completa 25 anos e ganha presente da UFMA (Divulgação)

A população de Raposa, distante 28 km de São Luís, receberá um presente especial da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) no 25º aniversário da cidade. Com patrocínio do Centro Elétrico e Governo do Maranhão via Lei Estadual de Incentivo à Cultura e apoio da Prefeitura de Raposa, o Departamento de Assuntos Culturais da Proexce/UFMA realizará nesta sexta-feira (8) a programação de encerramento do Projeto Guarnicê em Itinerância no Cras e no Viva Raposa.

Aberta ao público, a programação cultural iniciará às 9h, no Centro de Referência de Assistência Social (Cras), no bairro Inhaúma, com ação formativa (oficina) e exibição das mostras Guarnicêzinho e Copa Studio 10 anos. Já às 14h30 começará a Mostra Jovem e às 15h30 haverá um bate papo sobre direitos humanos com a procuradora de justiça, Ângela Saldanha, e os cineastas Al Danúzio e Lunna Gandra.

A UFMA realizará ainda duas sessões de cinema no Viva Raposa, no bairro Garrancho. A primeira começará às 18h30, com filmes de animação para o público infantil. Em seguida, às 19h, começará a sessão de encerramento da edição 2019 do projeto, com exibição de dois premiados filmes maranhenses: 'Guga', de Marconi Franco, e 'Vento Menino', do diretor Edemar Miqueta, que foi filmado em Raposa.

Nesse ano, o Guarnicê em Itinerância já democratizou o acesso ao cinema a moradores de Pinheiro, Alcântara e Santa Inês.. Por meio do projeto, a UFMA leva a experiência do cinema a locais onde a população não possui acesso à arte cinematográfica. Realiza ainda ações formativas que colocam crianças e jovens em contato com técnicas básicas de produção de filmes.

"O Guarnicê em Itinerância amplia as oportunidades do encontro entre o cinema e o público, fazendo circular a obra audiovisual por meio de mostras itinerantes em comunidades do interior do estado", disse a diretora do Dac e coordenadora do projeto, Fernanda Santos Pinheiro. "Crianças e jovens das comunidades beneficiadas despertam ainda o interesse nos processos audiovisuais, estimulando a formação de plateia e o interesse pela linguagem artística", completou a diretora.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte