O Mundo | Tensão

Líder da ala radical da oposição é impedido de entrar em La Paz

Camacho chegou ao amanhecer no aeroporto de El Alto com uma carta de renúncia pré-escrita para presidente, mas teve que voltar para Santa Cruz; Morales, que concorreu ao quarto mandato consecutivo, vem enfrentando uma pressão da oposição
06/11/2019

LA PAZ - O líder opositor radical da Bolívia Luiz Fernando Camacho, que no fim de semana deu um ultimato para a renúncia do presidente Evo Morales , ficou retido em um aeroporto próximo à capital, La Paz, por várias horas, acuado depois que uma multidão pró-governo se reuniu do lado de fora.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte