Política | Chegou

Operação Lava Jato no encalço de Dilma Rousseff

Ex-presidente foi intimada a prestar esclarecimentos sobre propina de R$ 40 milhões em reeleição
O Estado MA05/11/2019 às 17h38
Operação Lava Jato no encalço de Dilma RousseffDilma Rousseff foi intimada na manhã desta terça (5) (Reprodução)

A ex-presidente petista Dilma Rousseff foi intimada nas primeiras horas da manhã desta terça pela Polícia Federal. Ela passou a ser alvo de investigações sobre propina repassada pela JBS, dos irmãos Joesley e Wesley Batista, a campanha eleitoral de 2014.

De acordo com o inquérito, mais de R$ 40 milhões foram pagos em propina a senadores e ex-senadores do MDB para garantir apoio à reeleição da Dilma.

Também são investigados os senadores Renan Calheiros (AL), Jader Barbalho (PA), o ex-líder do governo da petista Eduardo Braga (AM), o ex-senador Vital do Rêgo (PB), que foi nomeado ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) durante o primeiro mandato da ex-presidente.

As informações foram obtidas por meio das delações premiadas de executivos da JBS e pedidos de busca e apreensão autorizados pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte