Editorial

Conflitos preocupantes

04/11/2019

Em abril de 2017, um conflito agrário no município de Viana, interior do Maranhão teve repercussão internacional por envolver um saldo de violência que vitimou indígenas da etnia Akroá-Gamella, um índio ferido no ataque teve as mãos decepadas. Segundo relatos, a situação ficou tão tensa que os índios foram atacados por um grupo de pelo menos 200 pessoas, supostamente madeireiros ou donos de propriedades instaladas na área indígena.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte