Esporte | Debandada

Após saída de Carille, Emerson Sheik deixa diretoria do Corinthians

Ele se reuniu com o presidente Andrés Sanchez e outros membros da cúpula alvinegra nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, e pediu para deixar o Timão
04/11/2019 às 16h58
 Após saída de Carille, Emerson Sheik deixa diretoria do Corinthians Emerson Sheik não faz mais parte da diretoria alvinegra (Daniel Augusto Jr)

A saída divulgada ontem do técnico Fábio Carille, após a goleada sofrida pelo Corinthians para o Flamengo por 4 a 1 trouxe outras consequências. Ídolo do clube,Emerson Sheik não faz mais parte da diretoria do Corinthians. Ele se reuniu com o presidente Andrés Sanchez e outros membros da cúpula alvinegra nesta segunda-feira, no CT Joaquim Grava, e pediu para deixar o Timão.

De acordo com o Globo Esporte.com, , Sheik era Alvo de críticas e muita pressão interna. O ex-atacante do clube estava na corda bamba na função de coordenador de futebol e decidiu se antecipar a uma possível demissão.

De acordo com setoristas, Sheik ficou insatisfeito com o vazamento de notícias sobre o assunto e também algumas informações falsas a respeito de seu trabalho e seu comportamento. O ex-jogador se sentiu desprotegido pelos seus superiores.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte