O Mundo | Em meio a protestos

Governo boliviano convida opositor a participar de auditoria eleitoral

Carlos Mesa, no entanto, diz que só aceitará convite se Morales desconhecer resultado oficial que lhe deu a reeleição
30/10/2019

LA PAZ — Um dia depois de um discurso agressivo do presidente Evo Morales , e em meio aos protestos que deixaram ao menos 30 feridos nas cidades mais populosas da Bolívia , o governo convidou Carlos Mesa , principal candidato opositor, a participar de uma auditoria dos votos junto com a Organização dos Estados Americanos (OEA) . Mesa e a oposição convocaram uma série de manifestações e greves em todo país, alegando que houve fraude no pleito de 20 de outubro, no qual Morales foi declarado reeleito no primeiro turno. Nesta terça-feira, novos protestos voltaram a convulsionar La Paz.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte