Alternativo | Livro

Thriller feminista aborda assédios no ambiente corporativo

"Rede de sussurros", da americana Chandler Baker, conta a história de três amigas que precisam lidar com o problema no ambiente de trabalho
21/10/2019 às 11h53
Thriller feminista aborda assédios no ambiente corporativoDetalhe da capa do livro "Rede de sussurros" (Divulgação)

São Paulo - Piadas impróprias, interrupções, propostas inadequadas. Esses são apenas alguns absurdos que toda mulher já viveu ou testemunhou em sua vida profissional. A advogada americana Chandler Baker se inspirou na própria experiência e na de algumas amigas para construir a narrativa de "Rede de sussurros", seu primeiro livro lançado no Brasil, que conta a história de três amigas que precisam lidar com o assédio no ambiente de trabalho. Sloane, Ardie e Gracie trabalham há anos em uma empresa de roupas esportivas. Juntas, elas já passaram por promoções desafiadoras, reuniões intermináveis, casamentos, maternidade e divórcios, sempre se ajudando em meio a todas as adversidades impostas pela política do escritório. Mas elas também guardam os próprios segredos e arrependimentos.

Quando o presidente da empresa morre de forma repentina, tudo indica que Ames, o chefe delas, será alçado à liderança da companhia. Ames sempre esteve cercado por “sussurros” a respeito do tratamento questionável que dispensa às subordinadas. Esses sussurros vinham sendo ignorados, varridos para debaixo do tapete e acobertados por todos. Depois de descobrirem que ele assediou uma nova funcionária, as três decidem falar e isso provoca uma mudança catastrófica no escritório. Mentiras serão reveladas, segredos serão expostos e nem todo mundo sobreviverá. Suas vidas — como mulheres, colegas, mães, esposas, amigas e até adversárias — estão prestes a mudar drasticamente.

Inspirado pelo movimento #MeToo, que expôs casos de assédio principalmente na indústria cinematográfica, "Rede de sussurros" é um thriller feminista que mescla em seu enredo transcrições de depoimentos e interrogatórios ficcionais dos casos contados no livro e encoraja as mulheres a se manifestarem. A obra, que convoca os leitores para as discussões sobre o assédio dentro e fora do ambiente corporativo, mostra que quando muitas vozes se unem, a mensagem ecoa de forma ensurdecedora e a mudança precisa acontecer.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte