Festejo

Círio de Nazaré reúne milhares de fiéis no último fim de semana

Evento religioso integra calendário católico da cidade e movimenta as comunidades do bairro Cohatrac e adjacências desde o dia 10 deste mês, quando iniciou a programação

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22
Devota faz sua oração a Nossa Senhora de Nazaré
Devota faz sua oração a Nossa Senhora de Nazaré (círio de nazaré)

São Luís - Milhares de fiéis participaram, neste fim de semana, do encerramento do Círio de Nazaré, no Cohatrac. Evento que integra o calendário das celebrações católicas na capital, a festa movimentou as comunidades do bairro e entorno em uma programação que iniciou dia 10 deste mês. No sábado, penúltimo dia de festejo, foi realizada a Procissão da Luz e, neste domingo, ocorreu a procissão de encerramento, com saída da Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na Cohab, rumo à Igreja Nossa Senhora de Nazaré, no Cohatrac. A missa campal foi presidida pelo arcebispo auxiliar de São Luís, Dom Esmeraldo Barreto.

Este ano, o evento teve como tema “A igreja no coração do bairro, Deus no meio do povo!” e como lema “Eles tinham tudo em comum”. O padre Flávio Colins, da Paróquia Nossa Senhora de Nazaré, explica que este ano houve um aumento do número de fiéis que participaram das festividades do Círio. “O Círio 2019, de algum modo, foi uma experiência nova, porque a gente fez a mudança de data para não coincidir o nosso enceramento com o grande dia do Círio de Belém (PA), pois sabemos que muitos romeiros em Belém são maranhenses. Isto possibilitou que maranhense e pessoas de outros estados pudessem participar das duas celebrações e o que percebemos foi um visível aumento de pessoas participando”, destacou o padre.
Para o pároco, as procissões de encerramento são as que mais atraem os fiéis. “As pessoas se programam para estar nos eventos de encerramento. De um modo geral, estamos muito contentes pois o Círio é um serviço de evangelização. Não é somente um evento, é um modo de viver, de tornar mais claro o que é ser igreja”, acredita padre Flávio Colins.

O mesmo sentimento é compartilhado pela assistente social Marineuza Sampaio. Ela explica que para ela, a festa religiosa é sempre um momento muito emocionante. “O Círio é uma grande manifestação devocional tanto para mim quanto para a comunidade em geral. São Luís tem uma grande devoção a Nossa Senhora de Nazaré e é muito emocionante, pois a comunidade se empenha, não só as mais ligadas à igreja, mas como um todo, mesmo que indiretamente, com doações, com divulgação é bom ver como a comunidade se coloca à disposição de servir a Nossa Senhora e a Deus”, diz ela.

As celebrações prévias pelo Círio tiveram início no dia 1º de setembro, com a missa de envio para as Peregrinações da imagem da Virgem de Nazaré pelas casas do bairro, escolas, hospitais, instituições públicas de São Luís, igrejas da capital e de outras cidades no interior do Maranhão.

A abertura oficial do festejo começou dia 10 deste mês com o Novenário da Luz, com uma programação diária com terço da alvorada, missas, confissões e adorações ao Santíssimo. Houve também a realização dos Círios Esportivo, Solidário, Ecológico e das Crianças, que são formas de mostrar que a fé em Deus envolve todas as dimensões da vida da pessoa.

Cirio de Nazaré 2019 no Cohatrac

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.