Política | Feminicídio

Deputado cobra medidas contra o aumento do feminicídio no MA

Roberto Costa (MDB) fez um apelo aos colegas na Assembleia Legislativa para a criação de uma pauta contra o feminicídio no Legislativo estadual
Ronaldo Rocha da editoria de Política15/10/2019
Deputado cobra medidas contra o aumento do feminicídio no MARoberto Costa falou de dados de feminicídios alarmantes no Maranhão em 2019 (Divulgação)

O deputado estadual Roberto Costa (MDB) utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na sessão de ontem para cobrar dos colegas, no plenário, a criação de uma pauta prioritária para a discussão e combate - na estrutura de Segurança Pública do Estado - ao número crescente e alarmante de feminicídio no Maranhão.

De acordo com o parlamentar, a elevação do número de casos tem envergonhado o estado. Ele lembrou que, em 2018, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) registrou 45 casos de feminicídio. De janeiro ao início de outubro deste ano, a estatística já aponta 43 casos deste tipo no estado.

“Acredito que nós precisamos urgentemente, aqui nesta Casa, fazer uma pauta prioritária para tratarmos dessa situação, que tem envergonhado o Maranhão todo. Porque, no ano de 2018, o número foi de 45 vítimas de feminicídio. Nós estamos ainda no mês de outubro e já tem 43 casos. Existe um indicativo que mostra que o número de feminicídio vai crescer, vai ser superior ao ano passado. O que nós precisamos é reforçar as políticas públicas de proteção às mulheres”, disse.

Roberto Costa lembrou que somente no último fim de semana três casos foram registrados no estado.
“Foram três vítimas, de sexta-feira para sábado. Uma em São Luís, que foi a Diane Cristina, uma em Duque Bacelar, a Rosilene Teixeira, e outra no município de Trizidela do Vale, a Rejane Monteiro”, completou.

O parlamentar chamou a atenção dos colegas para reportagem de O Estado que tratou do tema e lembrou que no mês de novembro haverá alusão à Semana Estadual de Feminicídio.
“A procuradora da Mulher, dra. Helena [Duailibe], tem participado desse grupo também, que está organizando. Mas acredito que nós precisamos continuar fazendo cobrança ao Governo do Estado, ao Governo Federal, aos municípios do Maranhão para que possam também entrar de uma forma firme nessa rede de proteção”, acrescentou.

Barbárie

Roberto Costa considerou inadmissível a elevação no número de casos no estado e cobrou medidas enérgicas.

“Nós não podemos admitir que, numa fase dessa ainda da vida, do país e do nosso estado, ainda haja esses dados crescentes em todo o Maranhão. São crimes absurdos, bárbaros, covardes, que terminam envergonhando todo o nosso estado. E, acima de tudo, acabam com as famílias do nosso estado. Então, eu faço este destaque, exatamente, por ser uma situação vergonhosa. Essa matéria que foi feita pelo Estado do Maranhão mostra, de uma forma muito clara, que esses casos que estão ocorrendo precisam ser combatidos de uma forma mais firme, e isso só vai acontecer se houver realmente políticas públicas no sentido de fortalecer essa rede de proteção”, pontuou.

O que nós esperamos é que esses números, em vez dr serem crescentes, sejam decrescentes, porque só assim nós teremos o equilíbrio nesse estadoRoberto Costa, deputado estadual pelo MDB

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte