Geral | Tradição

Festa da Juçara comemora 50 anos no bairro Maracanã

Evento será realizado até o dia 3 de novembro, com vasta programação; o parque fica aberto todos os dias, das 8h às 23h, e tem entrada gratuita
07/10/2019

São Luís - Um dos eventos mais tradicionais de São Luís, a Festa da Juçara começou ontem, no parque montado especialmente para a programação, na estância urbana de Maracanã. Festejando 50 anos no calendário oficial do Maranhão, será realizada até 3 de novembro. O primeiro dia, no entanto, foi marcado pela organização geral da estrutura e pelo trabalho de coleta do fruto das juçareiras, para que tudo seja servido “fresquinho”.

Uma das barracas mais antigas é a comandada por Maria de Jesus Assis Marques, de 78 anos, e que participa da festa desde a primeira edição. No quintal dela, uma equipe já estava a postos para servir a iguaria, após a fabricação do suco em uma máquina específica. Dez pessoas trabalharão na barraca até o último dia da festa. “Eu sou uma das fundadoras desta festa e me orgulho disso. Nossa expetativa é sempre a melhor possível e esperamos um festejo ainda melhor do que o do ano passado”, disse.

Edivaldo Matos, de 54 anos, é o responsável por subir na palmeira para tirar o fruto. Ele faz esse trabalho há 30 anos e diz que não está cansado. “Faço com prazer e sei fazer porque já tenho muita prática. Aqui, o trabalho não para, principalmente durante os meses de colheira. Nesta época do ano, é quando os frutos nascem em maior quantidade”, contou.

Pelo parque, aos poucos os visitantes iam chegando, embora com movimento ainda tímido durante a manhã. “Eu cheguei cedo, mas vi que ainda estão organizado tudo e ainda não tem juçara para venda. Vou voltar outro dia, porque adoro essa festa e gosto muito mais ainda de juçara”, disse a professora Amanda Vieira.

Shows
Ontem, a programação cultural na arena foi aberta ao meio-dia, com shows de Kadu Ribeiro, Teresa Canto e Boi da Maioba, além de Raiz Tribal e Viviane Brasil. A festa terá programação diversificada, com apresentações de grupos culturais, como bumba meu boi e tambor de crioula, além de parque de diversão, feira de artesanato e barracas para venda de comida típica e, claro, de polpa da juçara, servida com seus acompanhamentos tradicionais camarão, peixe frito e carne seca.

A Festa da Juçara de 2019 reúne 33 barracas na arena principal, outras 27 na praça de alimentação e conta com forte esquema de segurança com policiamento e guarda privada. O parque fica aberto todos os dias, das 8h às 23h, e tem entrada gratuita. A Festa da Juçara é uma realização da Associação dos Amigos do Parque da Juçara e tem como objetivo valorizar a produção da Juçara e seus subprodutos, assim como preservar a cultura local, através dos sabores tradicionais.

História
A Festa da Juçara começou em 1970, nos bairros Maracanã e Turu, áreas de maior produção de juçara da Ilha, por iniciativa da Prefeitura de São Luís. Mais tarde, o Governo do Estado também passou a apoiar a festa e comprou nove hectares de terreno para construção do parque, no Maracanã por ser o local de maior produção da fruta.

Em 1997, nasceu a Associação dos Amigos do Parque da Juçara, tendo como primeira presidente Dona Cotinha, uma das moradoras mais antigas do Maracanã. Desde então, a Associação assumiu a realização da Festa. Atualmente, Mayara Marques, neta de Dona Cotinha, está na presidência. l

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte