Geral | Desempenho

Governo estuda punições a alunos que tiverem nota baixa no Enade

''Quem faz a prova e não acerta nem 10% das questões não deveria ter (direito ao) diploma'', diz ministro da Educação;Weintraub acredita haver ''sabotagem'' praticada pelos que não encarariam o teste com seriedade
05/10/2019

BRASÍLIA – O Ministério da Educação estuda alternativas para punir alunos com notas ruins no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) , que avalia cursos de ensino superior . Em entrevista coletiva na sexta-feira, 4, o ministro da Educação defendeu que o aluno que acertar 10% na prova não deveria ter direito a se formar. Abraham Weintraub também afirmou acreditar que quem acerta menos de 20% das questões da prova atua para "sabotar" o exame.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte