A Gente Conta

Cássia Melo, Publicitária e produtora cultural / Incentivando o lazer e a alegria

Quando desembarcou no Maranhão, Cássia Melo começou a alavancar as cenas cultural e esportiva a partir de projetos incentivados por lei e, depois, conceberia o projeto "Arena da Alegria"

Evandro Júnior

- Atualizada em 11/10/2022 às 12h22
Cássia  Melo mostra alegria, principalmente quando está com o filho, seu grande incentivador
Cássia Melo mostra alegria, principalmente quando está com o filho, seu grande incentivador (Cássia)

SÃO LUÍS - Ela trocou a garoa paulistana pelos raios de sol da Ilha do Amor. A produtora cultural paulista Cássia Melo escolheu mudar para a terra natal de seu pai depois que se formou em publicidade. Aqui, teve o filho Miguel e cresceu profissionalmente, ao perceber a oportunidade de ajudar artistas e atletas a se beneficiarem de leis de incentivo estaduais e federais. Unindo seu conhecimento em marketing ao senso de planejamento apurado, criou a agência Grupo Oito, pioneira na cidade nessa área, contribuindo para alavancar as cenas cultural e esportiva, com a criação de projetos incentivados por leis.

No entanto, fora com a maternidade que Cássia Melo teria um insight e este resultaria no projeto social e cultural “Arena Alegria”, criado por ela e que consiste em democratizar o acesso de crianças às artes e à cultura, ao lazer inclusivo e de qualidade em espaços públicos da cidade. Ela sentia falta de levar o meu filho Miguel para atividades lúdicas envolvendo teatro, música e recreação educativa.

“Isso só existe normalmente de forma pontual e paga. E se eu como mãe estava tendo dificuldade em oferecer um lazer mais qualificado ao meu filho, imaginei aquelas crianças que estão nas periferias e que, dificilmente, têm oportunidades de vivenciar lazer com cultura. Senti uma tristeza enorme por elas e uma vontade de mudar essa realidade. Daí, concebi o projeto, que reúne, de forma gratuita, atividades que ajudam as crianças a se socializarem e a desenvolverem habilidades importantes enquanto brincam. Esse é o projeto do meu coração e da minha vida, e sinto uma felicidade enorme ao produzi-lo a cada ano”, revela.

Fruto desse sonho íntimo de mãe e profissional que valoriza a arte para a formação do ser humano, o projeto foi lançado ano passado como sendo um espaço democrático, para unir as crianças dos mais diferentes bairros e idades, com o simples propósito de brincar com conforto e segurança, onde possam dançar, cantar, jogar e aprender em um amplo espaço lúdico. O projeto, com o patrocínio da Cemar via Lei Estadual de Incentivo à Cultura, chega a sua segunda edição este ano e acontecerá dia 12 de outubro, feriado alusivo ao Dia das Crianças, na Praça Maria Aragão.

Trata-se de evento que estimula a criatividade, a socialização das crianças e democratiza o acesso às artes entre o público infantil, ao mesmo tempo em que resgata a importância das brincadeiras tradicionais e jogos de rua, como a dança das cadeiras e amarelinha, entre outras formas saudáveis de tirar os baixinhos do sedentarismo da vida moderna.

Intensa e apaixonada pelo que faz, Cássia Melo acumula os papeis de mãe, mulher e profissional com muita disciplina e foco. Exigente no trabalho e atenta aos resultados, ela sonha em um dia poder levar seu conhecimento na área de produção e projetos às universidades. “Eu quero ministrar aulas em universidades sobre estratégia de marketing e publicidade via leis de incentivo. Acredito que os profissionais devam ter essa cadeira nas faculdades, com foco no emprego destas verbas em boas estratégias. Isso fará uma grande diferença”, acredita. l

Leia outras notícias em Imirante.com. Siga, também, o Imirante nas redes sociais Twitter, Instagram e TikTok e curta nossa página no Facebook e Youtube. Envie informações à Redação do Portal por meio do Whatsapp pelo telefone (98) 99209-2383.