Cidades | A vida começa aos 60

A vida começa aos 60: idosos que descobriram os "prazeres da idade"

Com a elevação da expectativa de vida dos brasileiros, há quem diga que, na verdade, a vida não começa mais aos 40 anos e sim aos 60; com boa conversa e muita disposição, idosos mostram que ainda têm muito o que viver
Thiago Bastos / O Estado05/10/2019

Começar um curso no ensino superior, realizar trabalho voluntário ou ainda iniciar a prática de atividade física e fazer disso um objetivo de vida. Ações como essas são mais comuns do que se pensa e envolvem o público que inicia uma nova etapa após os 60 anos de ida­de. Com a elevação da expectativa de vida dos brasileiros apontada pelo Relatório de Desenvolvimento Humano do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) - de 62,7 anos em 1980 para 73,9 anos em 2013 -, há quem diga que na verdade a vida não começa mais aos 40 anos e sim aos 60.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte