PH | COLUNA SOCIAL

Pergentino Holanda

03/10/2019

Lula e Getúlio
Esse último movimento de Lula parece uma tolice orgulhosa. Não é. Se sair da cadeia, ele perde a bandeira.
Por que alguém vai gritar “Lula livre”, com Lula estando livre? Na cadeia, Lula é uma causa. Em casa, ele volta para a planície, torna-se um comum.
Lula gosta de se comparar a Getúlio Vargas. O discurso que fez antes de ser preso teve óbvios momentos de inspiração na carta-testamento que Getúlio deixou em 24 de agosto de 1954, quando deu um tiro de 32 no próprio coração.
O uso de ideias da carta por Lula foi apropriado, porque sua prisão funcionou como o suicídio de Getúlio. Sem a mesma dramaticidade e sem tanta comoção popular, é claro, mas com efeito semelhante.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte