Esporte | Efetivar

Fluminense: Efetivação de Marcão ganha força

A vitória de 2 a 1 sobre o Grêmio, na tarde de domingo, e o desejo de boa parte do atual plantel começam a pesar para que o auxiliar Marcão seja efetivado na função
30/09/2019 às 17h03
Fluminense: Efetivação de Marcão ganha forçaDentro de campo, e com Marcão no comando, o elenco volta ao trabalho na manhã desta terça-feira, depois da folga de segunda-feira (Divulgação)

Rio de Janeiro (RJ) - O Fluminense está no mercado em busca de um nome para a vaga de Oswaldo de Oliveira, demitido na sexta-feira após empate por 1 a 1 com o Santos, quando discutiu de maneira pesada com o meia Paulo Henrique Ganso. Porém, a vitória de 2 a 1 sobre o Grêmio, na tarde de domingo, e o desejo de boa parte do atual plantel começam a pesar para que o auxiliar Marcão seja efetivado na função.

A diretoria, capitaneada pelo vice-presidente geral e de futebol, Celso Barros, tem feito contato com alguns nomes do mercado. Cuca, o primeiro a ser procurado, não quis nem abrir conversas. Luiz Felipe Scolari foi procurado via seu empresário, Jorge Machado, porém, ainda em uma sondagem. Deve responder nesta terça-feira se vai aceitar ou não conversar com os dirigentes tricolores.

Caso Felipão não aceite, o clube poderia procurar um nome de menos peso, como Zé Ricardo, demitido semana passada do Fortaleza, e Lisca, sem clube. Porém, há quem defenda que Marcão pode desempenhar um papel melhor do que qualquer treinador sem grande bagagem. Marcão faz parte da comissão técnica permanente do Fluminense e foi jogador do clube, tendo ganho a condição de ídolo no começo deste século.

Dentro de campo, e com Marcão no comando, o elenco volta ao trabalho na manhã desta terça-feira, depois da folga de segunda-feira. Começará aí a preparação para o clássico contra o Botafogo no próximo domingo, às 16h(de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 22 pontos conquistados, o Tricolor busca um triunfo para se afastar ainda mais da zona de rebaixamento.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte