Esporte | Futebol

Fluminense vence Grêmio e ganha fôlego na luta contra rebaixamento no Brasileirão

Com o resultado, o Fluminense terminou o dia na 16.ª colocação com 22 pontos.
Estadão Conteúdo29/09/2019 às 19h21
Fluminense vence Grêmio e ganha fôlego na luta contra rebaixamento no Brasileirão

O Fluminense se firmou fora da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro ao derrotar o Grêmio pelo placar de 2 a 1, em partida realizada neste domingo, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 22.ª rodada. O resultado serviu para o time carioca ganhar um fôlego na luta contra a degola.

Com o resultado, o Fluminense terminou o dia na 16.ª colocação com 22 pontos, três a mais do que o Cruzeiro, primeiro dentro da zona de rebaixamento, que joga nesta segunda-feira. Já o Grêmio ficou com 32, mas ainda lutando por um lugar entre os seis primeiros.

Como tem o Flamengo, no meio de semana, pela semifinal da Copa Libertadores, o técnico Renato Gaúcho mandou um Grêmio cheio de reservas. Mesmo assim, fez um jogo duro contra o Fluminense, mas sentiu a falta de entrosamento e acabou sendo derrotado.

Sob o comando do interino Marcão, o Fluminense abandonou o estilo de jogo de Oswaldo de Oliveira e colocou em prática algo semelhante ao que vinha sendo projetado por Fernando Diniz. Na base do toque de bola, o time carioca abriu o placar aos seis minutos. Daniel tocou para Yony González. O atacante avançou pela esquerda e cruzou para Nenê. O camisa 77 pegou de primeira para fazer 1 a 0.

O Grêmio respondeu a partir de um erro de passe de João Pedro. Pepê ficou com a bola na esquerda, passou pela marcação e rolou para trás. Livre dentro da área, André isolou. Em nova falha do time carioca, desta vez de Paulo Henrique Ganso, Thaciano foi quem desperdiçou grande oportunidade ao chutar por cima.

Com mais volume, o Fluminense ainda perdeu duas chances de marcar. Na primeira, Yony González recebeu de João Pedro e chutou com efeito. A bola foi rente à trave. Depois foi a vez de Caio Henrique cruzar para João Pedro, mas o atacante cabeceou por cima.

No segundo tempo, o Fluminense voltou sufocando o Grêmio e ampliou aos quatro minutos. João Pedro tocou para Yony González, que deu de calcanhar para Caio Henrique. Ele invadiu a área e chutou por baixo do goleiro Júlio César.

A resposta veio em um arremate de Thaciano, defendido pelo goleiro Muriel. O Grêmio cresceu na partida e acabou diminuindo aos 30 minutos. Ferreira recebeu de Léo Moura e chutou. A bola sobrou para Patrick, que arrematou no fundo das redes. O time gaúcho voltou ao jogo, muito por Júlio César, que voltou a brilhar. O goleiro fez grande defesa em tentativa de Yony González.

Nos minutos finais, o time gaúcho pressionou e empurrou o Fluminense para a defesa. Na última tentativa, André apareceu livre e jogou para o meio da área. Antes que Thaciano chutasse, Nino apareceu para afastar o perigo e confirmar o triunfo dos cariocas.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Corinthians no sábado, às 19 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. No domingo, às 16 horas, o Fluminense faz o clássico contra o Botafogo no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 x 1 GRÊMIO

FLUMINENSE - Muriel; Gilberto, Nino, Yuri Lima e Caio Henrique; Allan, Daniel (Orinho) e Paulo Henrique Ganso; Nenê (Wellington Silva), João Pedro e Yony González (Marcos Paulo). Técnico: Marcão (interino).

GRÊMIO - Júlio César; Léo Moura (Guilherme Azevedo), Paulo Miranda, Rodriguez e Juninho Capixaba; Romulo, Darlan (Patrick) e Thaciano; Luciano (Ferreira), André e Pepê. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Nenê, aos 6 minutos do primeiro tempo; Caio Henrique, aos 4, e Ferreira, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Paulo Henrique Ganso (Fluminense); André, Guilherme Azevedo, Luciano e Paulo Miranda (Grêmio).

ÁRBITRO - Caio Max Augusto Vieira (RN).

RENDA - R$ 208.325,00.

PÚBLICO - 17.139 pagantes.

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte