Estado Maior | COLUNA

Silêncio de quase todos

28/09/2019

A semana promete ser acelerada em Brasília, devido aos vetos do presidente da República, Jair Bolsonaro, na lei aprovada pelo Senado e pela Câmara dos Deputados, que prevê mudanças nas legislações dos partidos políticos e da eleição.
Os vetos não atingiram os pontos mais polêmicos, como o uso do fundo eleitoral para pagar escritórios de advocacia ou de contabilidade, ou ainda a respeito de manifestações de técnicos dos tribunais eleitorais sobre a prestação de contas dos partidos e candidatos.
Mesmo não sendo vetos pesados, os deputados e senadores pretendem derrubar o que o presidente considerou inconstitucional.
Como a bancada maranhense vai se posicionar? Ainda não se sabe. Os parlamentares preferem o absoluto silêncio sobre as questões do fundo eleitoral e de mudanças nas eleições.
Deputados federais e os senadores maranhenses preferem fingir que não há em jogo os vetos, que para passarem a valer em 2020 precisam ser analisados e votados até a quinta-feira, 3, exatamente um ano antes das eleições do ano que vem.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte