Estado Maior | COLUNA

Uma medalha de respeito

26/09/2019

Num momento em que se debate a banalização da Medalha Manuel Beckman, a maior honraria que pode ser concedida pela Assembleia Legislativa do Maranhão, uma homenagem em especial, parece uma boa forma de restabelecer a importância da condecoração.
Na manhã de ontem, foram agraciados os soldados da Polícia Militar Célio Henrique, Roberto Henrique e Wesleyson Alves.
A condecoração, proposta pelo deputado Neto Evangelista (DEM), foi um reconhecimento ao apoio prestado pelos militares ao garoto Adão, vendedor de cremosinho vítima de bullying em Grajaú.
Adão tem apenas 14 anos e atua como vendedor na cidade, onde foi humilhado por um grupo de jovens que ameaçavam não pagar pelos produtos após consumi-los. O caso ocorreu no início do mês.
Os policiais souberam da história e, então, decidiram exaltar a força de trabalho do jovem. Para isso, compraram todos os cremosinhos que ele tinha para vender naquele dia.
O caso repercutiu nacionalmente, o que levou os militares a serem homenageados. Um exemplo e tanto. Não apenas para a sociedade maranhense, mas para os próprios deputados da atual legislatura.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte