Polícia | Feminicídio

Registrado mais um crime de feminicídio no estado

Foi o 40º caso só este ano; o último correu na quarta-feira, 18, em Centro do Guilherme; polícia procura o autor do crime, o ex-companheiro da vítima
Ismael Araújo21/09/2019

SÃO LUÍS - Chega a 40 os casos de feminicídio registrados este ano no estado do Maranhão, quatro deles somente neste mês. A polícia ainda nesta sexta-feira, 20, não havia conseguido prender Luiz de Lima, acusado de ter matado a tiros a sua companheira Maria Edinete do Carmo Ferreira. O crime ocorreu no último dia 18, na residência da vítima, no município do Centro do Guilherme.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil. Segundo a polícia, os vizinhos ouviram barulho de tiros vindo da residência do casal, e logo depois encontraram Maria Edinete morta. Ao lado do corpo havia cápsula de espingarda calibre 22.

Moradores da área disseram para a polícia que o casal vivia brigando e no começo da semana olharam Luiz de Lima andando pela cidade portando a mesma arma. Policias militares e civis continuam realizando diligências na localidade visando prender o acusado.

Na manhã do último dia 18 foi encontrado morto Wilson de Sousa Marinho, em Estreito. A polícia informou que o corpo dele apresentava marcas de tiros. Ele era acusado de ter espancado e assassinado a tiros a sua companheira, Dayara Maia Ferreira, de 25 anos. Esse crime bárbaro ocorreu no domingo, 15, na frente do filho do casal, de 7 anos.

Outras ocorrências

Na tarde do último domingo, 15, Daniele Soares Sousa, de 28 anos, morreu no Hospital Municipal Socorrão I, vítima de vários golpes de martelo na cabeça desferidos pelo ex-companheiro, José Luís Saraiva, de 58 anos. O fato ocorreu no povoado Coque, em Vitória do Mearim, no dia 11 deste mês.

De acordo com a polícia, ele não aceitava o fim do relacionamento e acabou praticando esse ato criminoso e em seguida, recorreu ao suicídio. O corpo dele foi encontrado em um barraco e foi levado para o hospital da cidade. Já a mulher foi socorrida e transferida para o hospital em São Luís onde passou por tratamento cirúrgico, mas não resistiu.

Outro crime de feminicídio ocorreu no último dia 9 e teve como vítima Leidilene Cantanhede Ferreira, na cidade de Bequimão. A polícia informou que ela foi golpeada nas costas pelo ex-companheiro, Ducivaldo do Espírito Santo Pereira, que não aceitava o fim do relacionamento.

Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Municipal Lídia Martins, no centro da cidade, mas chegou sem vida. Enquanto o acusado fugiu e ainda não foi localizado. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Entenda

Vítimas de feminicídio este mês

Bequimão: Leidilene Cantanhede, no dia 9;

Vitória do Mearim: Daniele Soares Sousa foi golpeada no dia 11 e morreu no último dia 15;

Estreito: Dayara Maia Ferreira foi espancada e morta a tiros, no dia 15;

Centro do Guilherme: Maria Edinete do Carmo Ferreira foi morta no dia 18.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte