Estado Maior | COLUNA

São Luís em obras

18/09/2019

São Luís entrou em um processo intenso de obras em várias frentes. Depois de um longo período de chuvas, aliado à falta de investimentos em áreas ligadas à infraestrutura, a Prefeitura iniciou o programa “São Luís em obras”, que vai de serviços de asfaltamento em bairros até reforma e construção de mercados e feiras.
São milhões em investimentos. Durante esta semana, a gestão municipal já iniciou a reforma do Mercado das Tulhas, na Praia Grande. A ideia é revitalizar o local, deixando-o mais atrativo para os turistas e também um ambiente melhor de trabalho para os feirantes.
Foram anunciadas ainda reformas no Parque do Bom Menino e também na Praça da Bíblia. Esta última, há anos abandonada pelo poder público. Estão em reforma ainda o Estádio Nhozinho Santos e a Fonte das Pedras, também há muito abandonada.
Com esses serviços, o município deixará o centro da capital mais unificado com outras obras como a do Complexo da Praça Deodoro e da Rua Grande, feitas pelo Instituto Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), em parceria com a Prefeitura de São Luís.
Será, finalmente, um Centro Histórico melhorado em quase toda a sua extensão, cujo conjunto levou a cidade a receber o título de Patrimônio Histórico. Será um atrativo a mais para finalmente se explorar o potencial turístico da capital.
Além dessas obras no Centro, o cronograma inclui a reconstrução de vias destruídas na época das chuvas, que - claro - são as justificativas sempre dadas quando aparecem os buracos. Esta reconstrução começou pelo bairro Vinhais com recuperação prevista de 64 ruas. Ainda esta semana, a Prefeitura deverá anunciar nova frente de recapeamento de vias em outros bairros.
Que os investimentos se mantenham e São Luís possa ser, finalmente, uma cidade boa para seus cidadãos e seus visitantes.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte