Polícia | Habeas corpus

Justiça libera Policial Militar condenado por homicídio

Dauvane Sousa havia sido condenado a 16,6 anos pela morte de serralheiro em Imperatriz, mas foi beneficiado com um habeas corpus
Ismael Araújo18/09/2019

SÃO LUÍS - O Poder Judiciário concedeu, ontem, habeas corpus para o policial Dauvane Sousa Silva, que havia sido condenado no dia 11 de junho deste ano a 16 anos e seis meses de reclusão, pelo assassinato do serralheiro Flávio da Conceição. O assassinato ocorreu no dia 30 de agosto de 2012, no bairro da Caema, em Imperatriz. O outro acusado, o militar Helenilson Pereira Borges, foi absolvido durante o julgamento no 4º Tribunal do Júri de São Luís.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte