Viaje Mais

Barcelona: Viva a pulsante e cultural Catalunha

Coluna Viaje+ convida a um passeio pela Catalunha, com sua arquitetura exuberante e delícias de encher os olhos.
Sheila Dureles13/09/2019

A Catalunha é uma região da Espanha que há anos tenta ser independente. Já tentaram a separação numerosas vezes, mas em todas fracassaram. Tem seu próprio idioma, o catalão. É uma região muito antiga, mais antiga que a própria Espanha. Tem cidades de clima medieval e praias banhadas pelo Mar Mediterrâneo. Mas hoje vamos falar de nossa preferida, viva, pulsante, convidativa. A maravilhosa Barcelona.

Barcelona

Uma das cidades mais famosas da Catalunha, é o berço gastronômico, arquitetônico, artístico e cultural.

A arte se apresenta em todos os lugares, é única pela beleza de seus bairros, além do mar que te convida a pelo menos molhar os pés no mediterrâneo e visitar a orla de Barceloneta.

É para ser descoberta em qualquer época do ano, mas se puder evitar o mês de agosto é melhor. A cidade fica lotada.

Antonio Gaudí

Gaudí e Barcelona convivem em simbiose. As obras do arquiteto estão presentes por todos os lados. Não há como falar da cidade, caminhar sobre ela e não se deparar com as obras dele.

O arquiteto tentava incluir natureza e beleza em tudo que fazia. Achava que as linhas retas eram criações do homem e que as curvas eram criações de Deus. Gostava de trabalhar com ferro forjado, pedra e cerâmica.

Há várias obras suas espalhadas pela cidade como por exemplo os postes da Praça Real, o Parc Guell, a Casa La Pedrera (Casa Milà), Casa Batlló, e sua obra mais magnífica, a Sagrada Família ainda em construção.

A Sagrada Família está em construção há pelo menos de 140 anos. É uma Bíblia de pedra que se revela em vários pormenores. Um monumento ao cristianismo. Mil e trezentas pessoas a admiram por hora. O centro da basílica foi projetado com seus vitrais para que você se sinta inserido em um bosque. No fim de sua construção terá 12 torres representando os apóstolos, sendo quatro delas mais altas, representando os evangelistas e uma torre gigante representando Jesus.

Não se esqueça, compre seu ingresso com antecedência, faça a visita guiada e suba a torre. Será inesquecível.

Cultura

Não só de Gaudí vive a cidade. Em Montjuic há a Fundação Joan Miró e claro vale a sua visita, além do Museu de Picasso e também o Museu do genial Salvador Dalí. Muita cultura. Se possível tire um dia para os museus e mesmo que não seja o seu barato não vai se arrepender.

Obras de Miró e outros mestres espanhóis podem ser vistas

Além de pintores há também música em Barcelona.

Não deixe de fazer uma visita guiada ao Palau de La Música Orfeó Català. Construído entre 1905 a 1908, declarado Patrimônio Mundial da Unesco em 1997. Oferece vários concertos e também visitas guiadas a esta joia modernista.

Flamenco catalão é uma das atrações culturais

Não podemos esquecer do Flamenco Catalão. Em uma de suas noites na cidade vá assistir ao show no Teatro Flamenco Barcelona City Hall. Foi construído no Séc. XIX e desde então abrigou em apresentações grandes nomes do Flamenco como por exemplo Carmen Amaya, um ícone do gênero. Há mais de 100 anos é a representação do Flamenco em Barcelona e região catalã. Agende antes a compra de seu ticket e vá assistir ao show.

Outro ponto bastante importante da cidade são Las Ramblas que tem em torno de 1 km. Elas vão desde a Praça Catalunha até Porto Velho em direção à praia.

Nela que se encontra a estátua de Colombo apontando para a América e além disso ela é excelente de dia para fazer compras pois possui lojas. A noite ferve com bares, artistas de rua e bares com festas e shows com seus representantes fazendo convites nas portas dos bares. O burburinho é muito eletrizante.

Se curte futebol a visita ao estádio do Barcelona é primordial. O Camp Nou tem visitas guiadas para conhecer o campo, museu, local onde estão todos os troféus ganhos pelo clube.

A cidade te convida a caminhar. As ruelas medievais do Barrio Gótico e do Born. A montanha Montjuic e suas diversas atrações. Pegue aqueles ônibus turísticos e vá se deliciando pelo caminho e paradas.

Gastronomia

Ah, a gastronomia catalã! Há comida para todos os gostos.

O local imperdível para iniciar o deleite gastronômico é o Mercat de La Boqueria. Azeitonas de formas inimagináveis, acompanhadas dos mais diferentes e exóticos acompanhamentos como lulas, amêndoas, pimentas, sardinhas, etc. Frutos do mar, torrons, frutas, jamon e muito mais.

E nada melhor do que provar as deliciosas tapas. Você sabe o que são? Combinações de pão com frios e outros ingredientes para ser degustados no balcão. E por que não acompanhado de um bom vinho catalão. A região é a principal produtora de vinhos da Espanha. Não deixe de provar vinhos em uma das bodegas da cidade.

La Boqueria reúne delícias gastronômicas da Espanha

As nossas dicas são além da Boqueria, para tapas Quimet & Quimet, um dos bares de tapas mais antigos e famosos da cidade, está em sua quarta geração.

Para comida catalã tradicional vá ao Ca L’Estevet que funciona desde 1890 ou o Agut no Bairro Gótico. No Born vá a Bodega La Puntual. E em todos eles prove como sobremesa a crema catalana. Sobremesa antiga e tradicional tendo sido encontrada sua primeira receita em um livro do ano de 1324.

Agora para os restaurantes badalados com estrelas Michelin recomendamos o Tickets, o El Barri, todos de Albert Adrià.

Para lembrancinhas de viagem para amigos traga torrons. A loja La Campana os fabrica e vende desde 1890. Serão um presente delicioso.

Não preencha o seu roteiro todo. Deixe brechas para por exemplo levantar tarde depois de uma noite de tapas. Passeie lentamente pela cidade. Deixe ela se apresentar mansamente para você. E como disse Dali, aprecie Barcelona, a arquitetura para sonhar.

Boa viagem!

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte