O Mundo | Denúncia

Palestinos e árabes dizem que plano de Netanyahu é crime

Primeiro-ministro de Israel disse que vai anexar cerca de um terço da Cisjordânia; ele afirmou que a região do Vale do Rio Jordão e o norte do Mar Morto serão incorporados
12/09/2019

PALESTINA - Representantes dos palestinos e de outros povos árabes condenaram a promessa feita pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu de anexar um terço da Cisjordânia caso seja reeleito.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte