Cidades | Potencialidades

Turismo inicia Plano Estratégico da Rota das Emoções

Iniciativa, que busca reforçar o desenvolvimento do setor, envolverá ações em áreas como infraestrutura, meio ambiente, segurança e conectividade
11/09/2019 às 15h21
Turismo inicia Plano Estratégico da Rota das EmoçõesProfissionais do Ministério do Turismo farão análise de locais que fazem parte da Rota das Emoções (Divulgação)

A partir desta quarta-feira (11), o município de Barreirinhas (MA) receberá um grupo de profissionais do Ministério do Turismo para identificar as potencialidades dos destinos que compõem a Rota das Emoções. Ao final da visita, vai ser elaborado um plano estratégico de desenvolvimento, que englobará ações de infraestrutura, meio ambiente, segurança, conectividade, promoção turística e eventos, além de fortalecimento institucional. O trabalho vai ser acompanhado por gestores públicos, privados e a comunidade de municípios do roteiro.

Em agenda internacional, o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, ressaltou que a iniciativa busca reforçar o aproveitamento das vocações regionais. “Já começamos uma nova era no turismo brasileiro. Vamos visitar cada local, conhecer a realidade e as adversidades destas regiões, para que, junto com os governos municipais e estaduais e os empresários do setor, possamos desenvolver o potencial turístico das principais regiões do país, como a Rota das Emoções”, adiantou.

A Rota engloba 14 cidades do Maranhão, Piauí e Ceará, além de áreas de proteção ambiental, como o Parque Nacional de Jericoacoara, no litoral oeste cearense; o Delta do Parnaíba, entre Piauí e Maranhão, e o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Com uma mistura de cultura, belezas naturais e história, o roteiro encanta turistas que percorrem a região, uma das mais famosas do país.

O litoral do percurso é próprio para surf, windsurfe e kitesurf, entre outros esportes náuticos praticados ao sabor dos ventos, inclusive em lagoas. O cenário de sol e praia integra a natureza à deliciosa culinária regional. O turista ainda viaja pela fascinante cultura nordestina e pelo artesanato diferenciado dos três estados. São peças de fibras vegetais (buriti, tucun, taboa, coco, carnaúba e sisal), madeira, cerâmica, renda de bilros, bordados, couro, sementes e búzios.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte