Esporte | Mata-mata da Série C

Defesa deve ser ponto forte do Sampaio Corrêa, pede treinador antes de decisão

João Brigatti quer time atento para "frear" o São José e pede concentração máxima no duelo que vale vaga na Série B
06/09/2019 às 18h09
Defesa deve ser ponto forte do Sampaio Corrêa, pede treinador antes de decisãoJoão Brigatti deve fazer mudanças no time do Sampaio (De Jesus / O ESTADO)

SÃO LUÍS – Qualquer detalhe será importante. É com esse pensamento que o Sampaio Corrêa vai entrar em campo neste sábado (7), às 19h15, para encarar o São José-RS, no estádio Castelão, pela partida da volta das quartas de final da Série C. E, segundo o técnico João Brigatti, um fator determinante para o Tricolor será a atenção na defesa. O comandante garantiu que o time está bastante concentrado para buscar essa vaga na Série B, mas pediu atenção durante o confronto inteiro.

Depois de empatar com o São José no Rio Grande do Sul, o Sampaio trouxe um resultado interessante para São Luís. Não só pela possibilidade de uma vitória simples em casa garantir a vaga na Série B, mas, também por ter conseguido parar o ataque do São José, o segundo melhor entre os oito semifinalistas, com 25 gols marcados - deste total, o time gaúcho fez 16 como mandante, atuando no estádio Passo d’Areia, que tem gramado sintético. Portanto, não levar gols fora ressalta ainda mais o bom trabalho da defesa tricolor. No entanto, o técnico João Brigatti segue pedindo ainda mais atenção no seu sistema defensivo.

"Trabalhamos muito a defesa, assim como todos os outros setores. A defesa será fundamental diante do São José. O meio-campo e o ataque têm de funcionar para marcamos o gol. A torcida pode esperar uma equipe equipe guerreira dentro de campo em busca desse acesso tão esperado por todos nós", comentou.

Apesar da cobrança do treinador, a defesa do Sampaio não tem um desempenho ruim no Castelão. Dos 19 gols que a Bolívia Querida sofreu no certame apenas seis o goleiro Andrey sofreu em São Luís, os 13 foram como visitante.

“A semana foi muito produtiva. Pude realizar várias situações de jogo, além de trabalhar o lado emocional. Afinal, vamos ter o Castelão lotado, com apoio do nosso torcedor. O jogador tem de estar 100% concentrado única e exclusivamente dentro de campo", disse Brigatti.

Apenas uma mudança

Apesar de ter fechado o treinamento desta sexta-feira (6), Brigatti não esconde que deve fazer apenas uma mudança na sua equipe que vai entrar em campo. Com a volta do volante Lucas Hulk, que cumpriu suspensão na partida da ida, o treinador deve sacar Diones do equipe principal e manter a formação que ele vinha usando nas partidas anteriores.

“Viemos com um bom resultado e vamos decidir dentro de casa agora. A grama, o clima também... A gente sai do calor e vai para um frio extremo e sente um pouco. Por isso acredito que eles também vão sentir e vamos utilizar disso também para conseguir o resultado”, disse Hulk.

Sendo assim, o Tricolor deve entrar em campo com: Andrey, Everton, Paulo Sérgio, Odair e Romano; Ferreira, Lucas Hulk e Rodrigo Andrade; João Paulo, Roney e Salatiel Jr.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte