Política | Advocacia do Senado

Parecer diz que cargo de embaixador é político

Documento da Advocacia do Senado deve abrir caminho para indicação do deputado Eduardo Bolsonaro para ocupar posto de embaixador nos EUA
05/09/2019

São Paulo - A Advocacia do Senado emitiu parecer técnico no qual considera o cargo de chefe de missão diplomática permanente como de natureza "predominantemente política" e, sendo assim, nomeações para este cargo não poderiam violar a Súmula Vinculante nº 13, do Supremo Tribunal Federal (STF). O documento foi elaborado a pedido da Presidência do Senado e abre caminho para a indicação do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL/RJ), filho do presidente, ocupar o posto de embaixador nos EUA.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte