Esporte | LBF

Sampaio Basquete pode levantar taça nesta quinta-feira (22)

Tricolor abriu 2 x 0 sobre o Vera Cruz e está a uma vitória do bicampeonato da Liga de Basquete Feminino (LBF)
22/08/2019
Sampaio Basquete pode levantar taça nesta quinta-feira (22) Sampaio Basquete mostrou sua força ao vencer os dois primeiros jogos (Divulgação)

São Luís - O Sampaio Corrêa dominou amplamente os dois primeiros jogos das finais da Liga de Basquete Feminino (LBF) - Caixa 2019. Não dá para chamar de surpresa, porque o time do técnico Cristian Santander tem um elenco realmente forte, mas chama atenção o fato de as duas primeiras partidas da decisão terem sido jogadas em Campinas, casa do Vera Cruz, completamente dominado nos dois duelos e jogando atrás o tempo praticamente inteiro. Para ajudar ainda mais a tarefa do Tubarão, o time paulista não poderá contar com a armadora argentina Melisa Gretter, que sofreu fratura na mão direita na partida passada. O próximo confronto entre Sampaio e Vera Cruz será disputado na noite desta quinta-feira (22), às 19h, no Ginásio Costa Rodrigues, em São Luís, com transmissão ao vivo do Imirante.com.

Agora, com 2 x 0 na série e dominando o rival psicologicamente, o Sampaio Basquete tem duas chances em casa de conquistar o bicampeonato da competição (e a coincidência é que no título de 2016 o troféu também foi liderado por uma técnica estrangeira - a cubana Lisdeivi Pompa. Agora, é a vez do argentino Santander). Se necessário, o jogo 4 será no sábado, às 18h.

No primeiro jogo, o nível técnico não foi dos mais altos, mas o Sampaio jogou na frente a partida inteira e isso fez a diferença. Além disso, nos 63-59, o Campinas cometeu 20 desperdícios de bola. Ariadna, uma das estrelas do time, converteu apenas 6 pontos (2/8 nos chutes), e do outro lado o trio Tainá, Jackson e Rapha Monteiro saiu-se com 36 pontos, em boa atuação.

No domingo, o domínio foi ainda maior - e também desde o começo. No fim, os 81-72 falam até pouco de uma partida melhor disputada em termos técnicos, mas amplamente dominada pela Bolívia Querida. O Campinas teve 3/14 de fora, apenas 41% nos dois pontos e viu o rival conseguir 14 rebotes ofensivos. Clarissa, com 20 pontos e 8 rebotes, foi incrível, Rapha esteve em todos os lugares (5 pontos, 4 assistências e 12 rebotes), Tati teve 17 pontos e Tainá outros 13 para um Sampaio que liderou do começo ao fim.

E, para o confronto de hoje, Melisa Gretter não poderá atuar. Em 2018, ela foi a principal responsável pela virada heróica do Vera Cruz, que perdia de 2 x 1 do próprio Sampaio e conquistou o título após um jogo 5 dramático. Com 56 pontos nos últimos dois jogos, Gretter foi eleita a MVP da última decisão. O desfalque da argentina é um duro golpe para a equipe paulista, que perdeu as duas primeiras partidas em casa e vê o sonho do bicampeonato cada vez mais distante.

Ingressos

Os ingressos para o terceiro jogo da série final entre Sampaio Basquete e Vera Cruz Campinas começaram a ser trocados na quarta-feira (20), no Ginásio Costa Rodrigues, palco da decisão.

Assim como nos jogos em Campinas, cada ingresso deverá ser trocado por um quilo de alimento não-perecível. Segundo comunicado publicado pelo Sampaio Basquete, cada torcedor poderá retirar até 5 entradas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte