Política | Lava Jato

PT recebeu R$ 270,5 milhões em propina de diferentes empresas, afirma Palocci

Dinheiro foi arrecadado entre 2002 e 2014 e foi obtido por meio de várias empresas; segundo o petista, as propinas foram oriundas de doações
14/08/2019 às 17h54
PT recebeu R$ 270,5 milhões em propina de diferentes empresas, afirma PalocciO ex-petista Antonio Palocci (Reprodução)

Entre 2002 e 2004 o PT recebeu para suas campanhas eleitorais R$ 270,5 milhões , entre 2002 e 2014. A revelação foi feita à Justiça pelo ex-ministro Antonio Palocci. De acordo com o petista, as propinas foram oriundas de doações, de grandes grupos e empresas em troca de favores recebidos.

A delação foi fechada com a Polícia Federal e homologada pelo ministro Edson Fachin, chefe da Lava-Jato no STF. Nela, o petista associa as doações a um benefício específico que, segundo ele, teria sido alcançado por determinada empresa. Boa parte dessas negociações era realizada por Palocci em sintonia com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari.

O acordo firmado pelo ex-ministro no Supremo tem 23 anexos, que tratam de 12 políticos, entre ex-ministros de Estado, parlamentares e ex-parlamentares – além de grandes empresas.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte