O Mundo | Violência

Polícia de Hong Kong reprime manifestação em aeroporto

A polícia usou spray de pimenta contra os manifestantes, que ocupam o local há cinco dias; mais cedo, depois de reabrir por um curto período, o aeroporto voltou a suspender check-in; chefe de direitos humanos da ONU pede investigação sobre violência
14/08/2019

TAIWAN - A polícia de Hong Kong entrou, na noite de ontem, 13, no aeroporto da cidade. Segundo a Reuters, a polícia usou spray de pimenta contra os manifestantes, que ocupam o local há cinco dias. Vários veículos policiais foram bloqueados em meio à confusão, diz a agência. As forças policiais entraram no aeroporto por volta de 23h (meio-dia no horário de Brasília).

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte