Política | Reforma Tributária

"Não haverá disputa por protagonismo", aponta Hildo Rocha

De acordo com o parlamentar, é natural que, neste caso, a discussão comece pela Câmara, com base nos preceitos constitucionais.
Thiago Bastos12/08/2019 às 09h47
"Não haverá disputa por protagonismo", aponta Hildo RochaReprodução

O presidente da Comissão Especial da Reforma Tributária, Hildo Rocha (MDB/MA) informou que, apesar das diversas versões para sugestões de alterações nas regras tributárias do país, segundo ele, não haverá disputa por protagonismo no assunto no Congresso Nacional. De acordo com o parlamentar, é natural que, neste caso, a discussão comece pela Câmara, com base nos preceitos constitucionais.

O assunto começará a ser debatido entre os deputados federais com mais ênfase esta semana, após o destravamento da pauta da Câmara, com o encaminhamento da PEC da Previdência ao Senado, na semana passada. Para Hildo Rocha, é necessário definir metas. "Está em andamento a construção de um cronograma", disse,

Falando no tema, um plano de trabalho deve ser discutido a partir de amanhã (13) na Câmara. Até o momento, o Governo Federal ainda não encaminhou sugestão de mudança no texto ao Congresso. Segundo Hildo Rocha, isso pode representar que a União está satisfeita com os projetos apresentados na Casa.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte