O Mundo | Bloqueios

Assessor de Trump pede ação mais incisiva contra Maduro

Bolton diz que EUA podem sancionar qualquer um que faça negócios com governo venezuelano; Casa Branca diz que governo usará todas as ferramentas para acabar com ditadura
07/08/2019

WASHINGTON/LIMA — Um dia depois de o presidente americano, Donald Trump, ter bloqueado todos os bens do governo venezuelano , o conselheiro de segurança nacional dos EUA, John Bolton , usou uma reunião sobre a Venezuela na capital peruana para pedir uma ação internacional mais dura contra o presidente Nicolás Maduro e ressaltou que as autoridades americanas podem agora sancionar qualquer pessoa ou empresa, inclusive estrangeiros, que façam negócios com o governo.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte