Geral | Descaso

Atletas acusam Reitoria da UFMA de negligenciar esporte na Universidade

Apesar de classificados, dezenas de atletas não irão participar dos Jogos Universitários Brasileiros que devem acontecer em Manaus
José Linhares Jr06/08/2019 às 16h17
Atletas acusam Reitoria da UFMA de negligenciar esporte na UniversidadeNair Portela é acusada de negligenciar esportes na universidade (Reprodução)

Atletas da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) classificados para a etapa regional dos Jogos Universitários Brasileiros que devem acontecer em Manaus (AM) devem ficar fora evento. Segundo eles, a reitora Nair Portela não valoriza o esporte na instituição, o que teria ocasionado na ausência dos atletas maranhenses em Manaus.

Apesar de classificados, não irão disputar os jogos dezenas de atletas do vôlei masculino, basquete feminino e masculino e futsal masculino.

Em nota divulgada esta semana, os atletas acusam a reitora Nair Portela de negligenciar a prática esportiva na UFMA. “uma universidade que não liga para a prática esportiva. Falta material para nossos treinos, e aquele que existe nos é retirada a possibilidade de usufruí-lo; nossos uniformes estão velhos e surrados, e não podemos renova-los, pois nos é dito que para mudar para um, ter-se-ia que mudar para todos - porém o custo da manufatura dos uniformes seria de inteira responsabilidade dos alunos-atletas”, diz a nota.

Ainda na nota, os atletas afirmam que se reuniram com a reitora Nair Portela que garantiu a participação dos representantes da UFMA nos jogos. “Disseram que procurariam patrocinadores para a viagem e para nós ‘não nos preocupamos’”, denuncia a nota.

No final da tarde de ontem, quando deveria ser feita a viagem, a Universidade Federal do Maranhão divulgou um comunicado noticiando que apenas a equipe de Handebol Masculino teve auxílio para o deslocamento ao JUBs regional.

Apesar do contingenciamento promovido pelo Governo Federal em todas as áreas da administração ter sido anunciado em abril de 2019, a UFMA culpou o “contingenciamento orçamentário pelo qual as universidades passam” pela falta de apoio aos atletas.

Mesmo com as reclamações públicas e da própria afirmação da universidade de que os atletas ficarão de fora do JUBS, a UFMA finaliza a nota dizendo entender “que a prática esportiva no meio acadêmico é de grande importância, e nunca deixou de apoiar e incentivar o esporte”.

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© 2019 - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte