Cidades | Ao trabalho

Após contraproposta, funcionários da Caema suspendem paralisação

Das 23 reivindicações constantes no Acordo Coletivo de Trabalho deste ano, 16 foram atendidas para evitar a greve, que seria iniciada ontem, 30; as outras sete solicitações ainda serão discutidas ao longo das próximas semanas
31/07/2019

Após Assembleia Geral realizada na segunda-feira, 29, em São Luís e no interior do estado, o Sindicato dos Urbanitários do Maranhão (STIU-MA) decidiu não deflagrar a greve dos funcionários da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). O cancelamento temporário do movimento, que começaria ontem, 30, ocorreu após 16 reivindicações dos trabalhadores terem sido atendidas pelo Governo do Estado. Restam sete cláusulas pendentes para serem resolvidas.

Para continuar aproveitando o conteúdo de O Estado faça seu login ou assine.

Já sou assinante

entrar

Ainda não sou assinante

assine agora

Leia mais notícias em OEstadoMA.com e siga nossas páginas no Facebook, no Twitter e no Instagram. Envie informações à Redação do Jornal de O Estado por WhatsApp pelo telefone (98) 99209 2564.

© - Todos os direitos reservados.
Tamanho da
Fonte